quinta-feira, 1 de julho de 2010

Tempo

Saudades!?
Sim, talvez um dia, como de quase tudo aquilo que vivemos com significado e que não poderemos voltar a viver. Ou, que talvez até pudéssemos, se tivéssemos coragem para tal.
Mas, tudo na vida tem o seu tempo. E, o meu tempo para esta etapa há bastante que se esgotou!
Disto tenho a certeza, como tenho a certeza de que possivelmente virei a sentir saudades um dia, como tenho a certeza de que só as sentirei exactamente porque isto acabou aqui, no seu tempo certo, como tenho a certeza de que ganhei as armas para fazer com que essas saudades nunca sejam maiores do que a vontade de continuar...
Porquê!?
Porque, na vida, tudo tem o seu tempo, e, o meu tempo para esta etapa há bastante que se esgotou!...

Foi um prazer!




Sophia

9 comentários:

gust disse...

O tempo é inesgotavél é por isso que se chama tempo...
Dizer que o meu, o teu, o vosso, o de qualquer pessoa, acabou é fazer o trabalho de algo bem superior a nós.
Acredita que todos nós temos a nossa "horinha"

Sophia Pena disse...

Obrigada pela perspectiva diferente. Não concordo, mas agradeço, porque só enriquece o blog.

De qualquer modo, a mensagem tem um contexto muito próprio, que não me vou alongar a descrever e que pode induzir várias interpretações.

A vida e o meu trabalho mostram-me que o tempo não é inesgotável e que ela é feita de um ciclo de várias etapas. E, para que prossigamos nesse ciclo, para que continuemos a nossa passagem temos de ir encerrando etapas e ligá-las neste ciclo, progredindo para as seguintes. Cada uma tem o seu tempo para cada pessoa, por desejo próprio ou por imposição de algo superior e incontrolável.

Isabel Montes disse...

Viajando, parei na sua «paragem» temporal, PRESENTE, e é certo que o futuro depende do reconhecimento do passado resolvido (o que, às vezes, demora...).
Parabéns!

Saudações poéticas,
Isabel Montes
http://isabelmontes-poemas.blogspot.com/

Sophia Pena disse...

Obrigada.

Casimiro disse...

Há tempo para tudo e (felizmente) o nosso, nesta etapa, fica por aqui. E com o tempo fica também tudo aquilo que (infelizmente) não nos fez desejar ter mais tempo para ela.

Sophia Pena disse...

Tu, que me percebeste, meu caro amigo! ;)

Bom estudo!

Beijinhos

Rolando disse...

Oi. Boa tarde! Tudo bem? Estive por aqui analisando. A vida é mesmo bela. Abraços e apareça por lá

maybe disse...

I'm appreciate your writing style.Please keep on working hard.^^

Cynthia Gonçalves disse...

Olá!
Uau... que texto é esse... adorei!
Seu blog é ótimo, parabéns pelos textos, este em especial.
Quando puder me visite hojesouassimepronto.blogspot.com