segunda-feira, 27 de outubro de 2008

A Força das Palavras

Hoje, vinha eu no comboio a ler o jornal e, sem querer, fixei-me numa das páginas habitualmente dedicadas a publicidade. E era uma página de publicidade, mas, uma publicidade diferente, a chamada publicidade institucional. O que inicialmente me prendeu a atenção foi a forma como estava apresentado, escrito e depois o título e a última frase. Li o anúncio. Assina-o a Liga Portuguesa Contra a SIDA. É um anúncio bem feito, quanto a mim.
Já em casa, vi o filme desse mesmo anúncio. Mais uma vez, achei esta publicidade algo de interesse (o que não é comum).
Resolvi partilhá-lo:

Testamento

"À minha mãe, eu deixo um quarto mais arrumado, meias limpas e um lugar vazio à mesa.
Ao meu avô, eu deixo o nosso clube com menos um adepto e, ao meu pai, menos uma chance de vir a ser avô.
Ao meu irmão, eu deixo um abraço, para quando ele se formar e for o médico que eu não consegui ser.
À minha irmã, eu deixo um diário com algumas páginas em branco.
Aos meus inimigos, eu deixo a oportunidade de me terem conhecido melhor.
Aos meus amigos, eu deixo menos um amigo.
À minha namorada, eu deixo um pedido de desculpas.
E a si, eu deixo um conselho: use preservativo."
(Liga Portuguesa Contra a SIDA)



Sophia

3 comentários:

Casimiro disse...

Apesar de bom... demasiado forte. Não acho que seja preciso chocar para tocar os outros. Mas é tão válido como qualquer outro método. Pelo menos é poético :)

Francisco M. disse...

Já imensas publicidades ou neste caso campanhas referentes ao HIV que é uma realidade que todos conhecemos e continua com a mesma gravidade e exige grande preocupação por parte de todos, mas nunca tinha visto assim um anúcio tão "forte" e que mexesse comigo.
O anúncio está excelente mas mesmo assim penso que não é suficiente (nunca é...)

O vídeo do anúncio está disponíve em:
http://www.youtube.com/watch?v=zHkl2ea_S94&eurl=http://www.ptfolio.com/

Beijinhos Sophia =)***
Bom post

Sophia Pena disse...

Obrigada por acrescentares o endereço para o vídeo, tinha andado à procura na net, mas não tinha encontrado.

Beijinhos