domingo, 12 de outubro de 2008

Pólos

Encontros, desencontros e reencontros. Inícios, fins e reinícios. Equilíbrios, desequilíbrios e re-equilíbrios. Certezas, dúvidas e respostas. Investimentos e desinvestimentos. Apegos e desprendimentos. Multidões e ninguéns. Saturação e necessidade de absorvância. Conhecimento, ignorância e re-descoberta. Positividade, negatividade e neutralidade.
Tudo pólos de uma mesma corrente, latitudes e longitudes de uma mesma carta, recantos de um mesmo labirinto, curvas e rectas de um mesmo percurso...



Sophia

1 comentário:

Rendeiro disse...

Pólos! Ora isto lembra-me que entre ontem e hoje se falaram em dois estudos sobre o aquecimento global. Um diz que a culpa da emissão de carbono não é humana, e o outro que o degelo dos pólos é de nossa influência.

"Até há pouco tempo não havia resposta para a pergunta: por que estão a subir as temperaturas na Antárctica e no Árctico?

Se havia candidatos a culpados, como o aumento da intensidade do Sol, não existiam certezas científicas.

Um estudo publicado ontem na revista “Nature Geoscience” garante que, afinal, as actividades humanas são a origem do problema." - Publico.pt

A comentar também que a Sra Palin que é contra a protecção da espécie do urso polar afirma que são animais inteligentes e que se iriam habituar aos efeitos do global warming e da caça sozinhos.

Para mais informação sobre pólos, talvez consultando o catálogo da La Redoute.